quinta-feira, 31 de março de 2011

Vamos lutar por uma cena melhor

Movimentos literários surgiram em passos curtos e foram tomando forças até serem encarados com profissionalismo.
Será que alguém já imaginou fazer isso com a nossa cena Metal pernambucana? Pensamento absurdo? Acredito que não, pois isto não é uma ideia inédita. Algo já concretizado em cenas como: Brasília, copiado no Paraná, que reuniram algumas bandas e formaram um “selo”, onde todas as bandas participantes colaboram e cada uma em seu momento determinado grava seu CD. Para amenizar o valor financeiro estabelecem Split.
Como tudo que é bom merece ser copiado, a cena cearense o fez. Mencionamos essa cena para tirar do estereótipo que, a cena forte se localiza apenas no sudeste ou sul do Brasil. A Associação Cultura Cearense do Rock juntou, a princípio, bandas locais e em seguida atração extra Estadual, a gaucha Krisiun, então foi mais além e levou atração internacional, Rotting Christ.
Vemos nossa cena lutar ao longo deste tempo por um progresso, ou bandas em conflitos com outras, alguns organizadores (desorganizadores) criam uma “panelinha”, algumas bandas que maquiam nossa cena em entrevistas a Magazine, zine ou em sites, escondendo nossa realidade – vocês sabem quem são!




Não devemos generalizar, existem sim grandes organizadores, bandas unidas e verdadeiras.
Também existem bandas que querem apenas tocar, sem ao menos um mínimo de esforço, pois tivemos a certeza quando fundamos este site, um espaço totalmente gratuito.
Tivemos de correr atrás das bandas para divulgá-las, de cartazes de shows para manter os bangers informados, isso sim parece absurdo. Poucas foram as bandas e organizadores que nos procuraram por um apoio gratuito, pois não exigimos material de graça, algumas vezes trocamos ou compramos. Certo que temos pouco tempo no ar (on line), mas ai fica a mensagem.
De certeza, essa não é a melhor maneira de organização.
Devemos criar um movimento que chame a atenção de órgãos governamentais, mostrando que esta cena “alternativa” tem um grande público – coisa que mostramos nos shows: do Helloween, do Iron Maiden, do Motorhead e anualmente no Abril pro Rock. Precisamos tentar mostrar um plano de trabalho e tentar solicitar apoio a FUNDARPE, ou secretarias de cultura municipais. Poucos foram os shows de Metal que vi estampado o apoio da FUNDARPE em panfletos e em outros meios de divulgação.

Talvez você ache absurda a ideia de uma Associação Metal em nosso Estado, talvez utópica. Mas pensar em reunir bandas e produzir shows com bandas locais ou um CD split, ou DVD, ou vinil, ou coletânea e lançar um produto cada vez mais profissional, com união... Talvez isso atraia a atenção de autoridades, então anexe isso ao seu projeto e solicite apoio cultural, pois cultura é um direito de todos e temos leis de incentivo à cultura, afinal somos todos cidadãos brasileiros e contribuintes. Vamos lutar juntos por uma cena melhor.


By Hugo Veikon



Hugo, é o responsável pelo site Arena Metal:

No site você encontra resenhas de shows, álbuns, entrevistas e muito mais!  
Este texto foi publicado aqui no Quimeras à pedido do próprio.
A equipe Quimeras compartilha a mesma idéia do Hugo, vamos melhorar nossa cena metal em todo o país! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário