segunda-feira, 5 de março de 2012

Death (parte II)



No ano de 1987, Chuck retorna aos Estados Unidos e remonta o Death. No mesmo ano ocorrem as gravações e o lançamento do debut Scream Bloody Gore pela gravadora Combat Records.

Formação: Chuck (Guitarra/vocal/baixo), John Rand (guitarra) e Cris Rheifert (bateria).
Faixas: 
01- Infernal Death
02- Zombie Ritual
03- Denial of Life
04- Sacrificial
05 - Mutilation
06- Batized in Blood
07- Torn to Pieces 
08- Evil Dead
09- Scream Bloody Gore
10- Beyond Unholy Grave
11- Land of no Return

Em 1988 a banda lança o segundo álbum: Leprosy pela combat records.


                        Formação: Chuck Schuldiner (guitarra e vocal), Rick Ross(guitarra), Terry Butler (baixo), Bill Andrews (bateria).
Faixas: 
01 - Leprosy
02- Born Dead
03- Forgotten Past
04- Left to Die
05- Pull the Plug
06 - Open Casket
07- Primitive Ways
08- Choke on It


O terceiro álbum foi Spiritual Healing, lançado em 1990: 


                   Formação: Chuck Schuldiner (guitarra e vocal), Rick Ross(guitarra), Terry Butler (baixo), Bill Andrews (bateria).
Faixas: 
01- Living Monstrosity
02 - Altering the Future
03- Defensive Personalities
04- Within The Mind
05- Spiritual Healing
06- Low Life
07- Genetic Reconstruction
08- Killing Spree

A turnê de Spiritual Healing ocorreu durante os anos de 1989 e 1990, e foi bem conturbada. Inicialmente com a saída de Rick Ross, que foi substituído por James Murphy( agent Stell e Hallows eve), substituído por Albert Gonzalez
( ex- evil dead), que também foi substituído por Paul Masvidal( Cynic). 

Além de mudar quatro vezes de guitarrista em menos de um ano, os membros do Death decidem seguir em turnê contra a vontade de Chuck, o que é claro causou uma boa briga entre Chuck e os antigos membros do Death.
A formação dessa turnê contou com Terry Butler, Bill Andrews, Walter Trachsler (guitarra- ex Rotting Corpse) e Louie Carrisalez (vocal - Devastation). 


Mesmo com a essa turnê Chuck estava determinado a seguir em frente com o Death (afinal a banda era dele!) Na época muitos boatos e calúnias foram lançados na imprensa, inclusive que de que ele estivesse começando uma nova banda voltada para o Glam metal, e até mesmo que tivesse sido internado em um hospital psiquiátrico.


Como resposta aos comentários maldosos, Chuck simplesmente remontou a banda com novos integrantes, e lançaram " Humam" em abril de 1991, pela Relativity Records.
Formação: Chuck Schuldiner (vocal e guitarra), Paul Masvidal (guitarra - Cynic), Steve DiGiorgio (baixo - Sadus), Sean Reinert (bateria - Cynic).


Faixas: 
01- Flatering Emotions
02- Suicide Machine
03- Together as One
04- Secret Face
05- Lake of Comprehension
06- See Trhough Dreams
07- Cosmic Sea
08- Vacant Plantes


 Desse álbum foi lançado um video para Lake of Comprehension:


A banda seguiu em turnê durante o ano de 1991, tocando com as bandas Napalm Death, Pestilence, Cannibal Corpse e Dismenber. Durante a turnê Steve DiGiorgio foi substituído por Skot Carino.
em 1992 a banda faz uma excursão pela Europa, que rendeu a sua primeira compilação intitulada Fate.


Faixas: 
01- Zombie Ritual
02- Together as One
03- Open Casket
04- Spiritual Healing
05- Multilation
06- Suicide Machine
07- Altering the future
08- Baptized in Blood
09- Left to Die
10 - Pull The Plug


Paul Masvidal e Sean Reinert decidem remontar seu projeto, Cynic. Em 1993, lançam o primeiro álbum intitulado Focus.
Para o lugar deles entram Andy LaRoque (guitarra - King Diamond) e Gene Hoglam (bateria - Dark Angel). No mesmo ano Steve DiGiorgio retorna a banda para as gravações de Individual Thought Patterns
Formação: Chuck Schuldiner, Steve DiGiorgio, Andy LaRoque e Gene Hoglam.
Faixas:
01- Overactive Imagination
02- In Humam Form
03- Jealousy
04- Trapped in a Corner
05- Nothing is Everything
06 - Mentally Blind
07- Individual Thought Patterns
08- Destiny
09- Out of Touch
10- The Philosopher


Desse álbum é lançado um video para The Philosopher:


Em maio de 1995 lançam Symbolic pela Roadrunner Records:
                  Formação: Chuck (guitarra e vocal), Bobby Koelble (guitarra), Kelly Conlon (Baixo), e Gene Hoglam (bateria).


Faixas:
01- Symbolic
02- Zero Tolerance
03- Empty Words
04- Sacred Serenity
05- 1000 Eyes
06- Without Judgement
07- Crystal Mountain
08- Misantrope
09- Perenial Quest


Em 1996 o Death faz uma pausa e Chuck incia o projeto Control Denied, em conjunto com o Shanom Hamm (guitarra), Scott Clendenin (baixo) e Chris Willians (bateria), que fosi substituído mais tarde por Richard Christy (bateria). 
Ainda nesse ano o Control Denied lançou uma primeira demo.


No fim de 1997, Chuck entra num acordo com a Nuclear Blast Records, eles decidem lançar um último álbum do Death antes de lançar o debut do Control Denied.


Em setembro de 1998 o Death lança The Sound Of Perseverance:
    Formação: Chuck (guitarra e vocal), Shanom Hamm (guitarra), Scott Clendenin  (Baixo), e Richard Christ (bateria).
Faixas:
01- Scavenger of Humam Sorrow
02- Bite the Pain
03- Spirit Chrusher
04- Story to Tell
05- Flesh and Power it Holds
06- Voice of The Soul
07- To Forgive is to Suffer
08- A moment of Clarity
09- Painkiller (Judas Priest Cover)


No mesmo ano a banda excursionou pela Europa e Estados Unidos, tocando com Benediction e Hammerfall.


O primeiro álbum do Control Denied foi gravado em 1999, a formação contava com Chuck e Shanom Hamm nas guitarras, Steve DiGiorgio no baixo, Richard Christy na bateria e Tim Aymar no vocal. Intitulado The fragile Art of Existence, o álbum dividiu opiniões, sendo louvado por uns e considerado por outros um pouco progressivo demais. 


Ainda em maio desse ano, veio um golpe fatal, Chuck foi diagnosticado com  um tumor cerebral. Começou ai uma luta que duraria dois anos e meio.
 Com a ajuda da família, amigos e de mobilizações de fãs, ele chegou a fazer uma cirurgia, porém dois anos mais tarde o tumor retornou. Era necessária uma nova cirurgia, que acabou não sendo realizada por falta de recursos.
Em dezembro de 2001 contraiu pneumonia e acabou não resistindo.


Chuck Faleceu em 13 de dezembro de 2001, deixando uma herança inesquecível em forma de música! 
Um guitarrista que viveu seu próprio mundo, com sua própria filosofia; moldou uma nova forma de música extrema e inspirou milhares de fans e guitarristas por todo mundo! 


Memories:
http://www.emptywords.org/ 


Fotos













Nenhum comentário:

Postar um comentário